Em Memória das Vítimas do Holocausto

Nesta terça (28), a Federação Israelita do Paraná, a Comunidade Israelita do Paraná (Kehilá do Paraná), a B’nai B’rith e o Museu do Holocausto de Curitiba promovem um Ato Solene em Memória das Vítimas do Holocausto.

O evento faz alusão ao dia 27 de janeiro, definido pelas Nações Unidas como o Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto.

A data também marca o aniversário de liberação do maior complexo de extermínio nazista, Auschwitz-Birkenau, que completa 75 anos em 2020.

O encontro, que se inicia às 17h com uma rápida visita ao Museu, reunirá sobreviventes e seus familiares, religiosos, diplomatas e lideranças políticas.

A cerimônia começa às 17h30, na Sinagoga Beit Yaacov, e contará com o acendimento de seis velas, em homenagem às seis milhões de vítimas judias.

“Além dos judeus, que têm um papel central na ideologia nazista de perseguição, outros grupos também foram perseguidos, como homossexuais, pessoas com deficiência, povos ciganos, Testemunhas de Jeová e comunistas. Trabalhando o Holocausto de forma universalizada, é possível transmitir essa tragédia aproximando-a dos dias de hoje. Seres humanos perseguiram, discriminaram e assassinaram milhões de outros semelhantes, de outros seres humanos”, afirma o coordenador-geral do Museu, Carlos Reiss.