Rede de supermercados amplia e-commerce

No último mês, as vendas on-line na Companhia Sulamericana de Distribuição cresceram 500%. E, por isso, a empresa que detém as marcas de supermercados Cidade Canção, Amigão, São Francisco e Stock Atacadista aumentou o número de lojas que disponibilizam o serviço e reforçou a equipe.

Até o fim do ano passado, nove lojas, em nove cidades, ofereciam o e-commerce. Atualmente são 36 lojas, em 26 cidades. Para isso, foi preciso reforçar a equipe.

O cliente tem a opção de receber os produtos em casa ou retirar na loja, em horário agendado. São, em média, 20 mil pedidos diários no e-commerce. Esse canal de venda ganhou força com a orientação das pessoas ficarem em casa devido ao coronavírus. “Como há a recomendação de evitar sair de casa e, além disso, para atender a decretos municipais, nossas lojas estão com limitação do número de consumidores, pessoas que nunca tinham experimentado antes a compra on-line começaram a utilizar o serviço”, conta o diretor de marketing, Thiago Donald.

Ele acrescenta que o valor das compras de cada cliente é maior no e-commerce do que nas compras presenciais e que a entrega é feita no mesmo dia ou no máximo no dia seguinte. “Os clientes estão descobrindo a praticidade e a conveniência do serviço. Temos uma plataforma de vendas prática e amigável”, afirma o diretor.

Cada loja conta com equipe exclusiva para o e-commerce: supervisor, assistente administrativo para acompanhar os pedidos no sistema e a equipe de separadores dos produtos. Todos os colaboradores são orientados sobre a higienização frequente, e a equipe de entrega usa álcool gel no manuseio das sacolas.

A expectativa é que a utilização do serviço continue a crescer em maio e junho, com faturamento oito vezes maior do que o registrado nos três primeiros meses do ano. E, mesmo depois da pandemia, o serviço deverá continuar em alta pela praticidade e experiência positiva de quem experimentou o canal de compra.

 

Cuidados dentro das lojas

Nas 55 lojas da Companhia Sulamericana de Distribuição, os cuidados com a saúde do cliente e do colaborador foram redobrados desde o dia 12 de março, como uso de luvas e máscaras, distanciamento mínimo recomendado, equipamentos de proteção em todos os pontos de atendimento, medição da temperatura diária de todos os colaboradores, higiene de todos os carrinhos e cestinhas, controle do fluxo interno de clientes e disponibilização de álcool gel e pias em pontos estratégicos das lojas. Além disso, cerca de 10% dos colaboradores dos grupos de risco foram liberados para isolamento social, sem nenhum prejuízo em seus benefícios ou remuneração, sendo contratados 700 novos profissionais para suprir temporariamente esses postos de trabalho.