Entregas na porta de casa

Neste período de isolamento, entregas em domicílio ganharam importância nas ruas das principais cidades brasileiras.

O serviço de motoboy se tornou essencial, não somente para quem quer abastecer a casa, com compras online, como entrega de vendas online para quem tenta sobreviver ao mercado, ou simplesmente na entrega de documentos das empresas.

Para se adequar a um novo cenário, os motoboys precisaram se adaptar a uma nova rotina, principalmente a de higienização do material de trabalho, como os baús de transporte.

“Uma das inseguranças das pessoas no geral em contratar um serviço de entrega em época de coronavírus é a higiene, não apenas do motoboy, como da caixa de entregas conhecidas como bags ou baús”, salienta Luiz Reis, diretor da Fox Express.

Segundo Reis, é um dos diferenciais de algumas empresas. “A Fox Express, por exemplo, possui uma sala de descanso para os funcionários e local para higienização de toda equipe e dos utensílios utilizados durante a entrega”, salienta. “Os baús dos nossos entregadores são acoplados nas motos, evitando o contato das mesmas com o chão ou outra superfície, como normalmente nos deparamos ao andar pela cidade”.

Outros cuidados com a saúde pautam o uso de máscaras, álcool em gel, e espaço adequado para descanso é todo oferecido pela empresa, no caso a Fox Express. “Mas a realidade do mercado não é essa. Muitos conhecidos do mercado de entregas não possuem esse suporte. Muitos estabelecimentos não estão ajudando com os equipamentos de proteção e de higiene, precisando ser adquirido pelo próprio motoboy, que além de preocupar, também complica toda a dinâmica”, afirma.

Desde o fim de março quando Curitiba entrou no isolamento social, tivemos um aumento significativo na demanda. “Nosso aumento de atendimentos passou a ser de pessoas físicas, muitos clientes que nunca tinham usado nossos serviços, passaram a nos procurar”, salienta. Segundo Luiz, a Fox Express tem recebido muitas ligações questionando se os serviços de entrega estão normais. “Quando confirmamos, muitos respiram aliviados por poder contar com o serviço e não precisar sair de casa”, disse.