Controle das finanças na pandemia

Redução do salário, perda de emprego, dívidas se acumulando: essa é realidade de muitas famílias neste período de isolamento social, que forçou muitas delas a apertarem as finanças para resistirem aos próximos meses.

O professor de administração da Universidade Positivo, Jorge Uberson Pereira, lista alguns passos simples para tomar neste momento.

    1. Análise da renda: o primeiro passo é fazer uma análise atual da renda da família. Houve reduções do salário ou tem previsão de redução? Faça projeções a médio e longo prazos com vários cenários. Separe as despesas em itens essenciais (água, luz, internet), negociáveis (financiamento, empréstimo etc) e adiável (a troca ou compra de um produto).
    2. Detox financeiro: vale fazer uma análise de todos os produtos e serviços para a casa, como streaming de música e vídeo. A dica é compartilhar com a família e amigos, se possível. A internet do celular pode ser negociável também, já que em casa é utilizado o wi-fi.
    3. No supermercado: embora muitas famílias estejam gastando menos (ou nada) com alimentação na rua, ainda é preciso comer em casa, então, a conta do supermercado pode crescer neste período. “Por isso, a dica é ir ao supermercado com a lista na mão, de preferência, com o cardápio planejado, assim fica mais fácil pensar em tudo que vai precisar e evita compras desnecessárias. Se possível, vá ao mercado 2 vezes por mês ou dê preferência às compras on-line, assim contribui com o isolamento social e quanto menos for, a tendência é de gastar menos também”, alerta.
    4. Compras on-line: você deve ter percebido uma redução nas compras físicas no seu cartão. “Quanto menos estamos na rua, menos gastamos, resistimos às tentações e compras por impulso”, explica. Mas é preciso ficar alerta com as compras on-line nesse período. “E-commerces e deliverys de comida estão fazendo promoções para atrair o consumidor, mas é preciso resistir e fazer compras apenas se estiverem planejadas”, orienta.
    5. Desapegue ou inove: use o tempo livre em casa para desapegar de itens parados há algum tempo e tente vender pela internet. Pode ser que tenha alguém buscando o produto a um preço menor. “Também pode ser um bom momento para buscar uma oportunidade de renda”, enfatiza.

Com o objetivo de apoiar a comunidade afetada economicamente pela Covid-19, acadêmicos do Clube de Finanças da Universidade Positivo (CFUP) realizam oficinas on-line e atendimentos individuais. Ao todo, são 150 vagas para pessoas de todo o Brasil. O CFUP integra alunos dos cursos de graduação em Administração, Economia, Ciências Contábeis e Comércio Exterior. Os interessados devem se inscrever pelo link bit.ly/superandocomfinancas. As vagas são limitadas e a seleção dos participantes leva em consideração a situação financeira dos interessados.