Você está no Cadastro Positivo?

Já está valendo em todo o país, o Cadastro Positivo, programa do SPC Brasil que reúne as informações de pagamentos dos brasileiros. Os dados levam em conta toda a vida financeira dos inscritos.

O sistema constrói um histórico para ser avaliado pelo mercado, fazendo com que o consumidor possa receber mais créditos, a partir de um bom histórico de pagamento.

Para o professor de Economia do Centro Universitário Internacional Uninter, Rodolfo dos Santos Silva, a plataforma é um incentivo a mais para os bons pagadores. ‘‘O Cadastro Positivo foi construído para que os consumidores tenham um interesse maior pela obtenção de um maior volume de crédito e, consequentemente, a ampliação do consumo’’, diz.

Além do Brasil, o sistema também é usado em 69 países. Para Silva, o cadastramento pode ser uma alternativa positiva para a segurança não só dos consumidores.

‘‘Existe a necessidade de adaptação a esse novo modelo da atual conjuntura econômica brasileira. Espera-se que com ele, as lojas, bancos e o comércio possam ter maior segurança para conceder empréstimos a um número maior de pessoas, tanto físicas, como jurídicas e, como consequência disso, o fomento ao consumo e ao aquecimento da economia’’, afirma.

Além da vantagem para a economia, o consumidor pode ter juros menores em empréstimos, se seu score – pontuação do histórico de pagamento – estiver com um número considerado bom.

‘‘A principal vantagem para a pessoa física está no fato de que ela, como boa pagadora, poderá obter crédito com juros mais baixos do que aqueles aplicados no mercado.  Também, para a pessoa física que não consegue comprovar renda, seu histórico de compras e pagamentos poderá abrir portas para obtenção de créditos’’, disse o professor.

Para Silva, a única desvantagem é para o consumidor que não tem o costume de pagar em dia as contas.