Cultura brasileira na Europa

A escritora catarinense Cléo Busatto, radicada em Curitiba há 19 anos, está na Europa para disseminar a cultura brasileira para filhas e filhos de brasileiros.

A autora é uma das convidadas para participar das ações literárias do Mala de Herança, iniciativa com o apoio do Elo Europeu de Educadores do Português como Língua de Herança.

Ela participou da oficina “Contar e encantar”, com educadores da Mala de Herança, em Verona (Itália) e oito encontros de leitura e narração oral de histórias das obras da escritora para pais e crianças até 17 de junho na Alemanha, Áustria, Itália e República Checa.

Cléo reforça a importância de iniciativas como o POLH para o fortalecimento da cultura e literatura brasileira.

“Precisamos encontrar estratégias para proporcionar aos pais e educadores uma inserção no mundo da leitura e da contação de histórias de textos em português. A iniciativa pode transformar as leituras diárias em casa em algo muito prazeroso. Por isso, ações como a do POLH são tão importantes. A leitura é extremamente eficaz para a manutenção dos laços culturais com a língua mãe.”

O objetivo da oficina é formar contadores de histórias que atuem com as crianças em ações literárias em língua portuguesa. Os encontros com as crianças e pais fortalecem a expansão do vocabulário da língua portuguesa para as crianças que vivem no exterior, tornando o idioma uma herança linguística para os pequenos.

O projeto Mala de Herança está presente em vários países da Europa e começou com pequenos encontros para empréstimos de livros em português em uma escola de educação infantil de Munique e se transformou em um trabalho de apoio ao bilinguismo e à educação bilíngue. O Mala de Herança promove eventos de leitura, música e artes em português do Brasil para famílias de diversos lugares da Europa. A rede Mala de Herança está na Alemanha, Áustria, Emirados Árabes Unidos, Eslovênia, Espanha, Inglaterra e Irlanda, além de ter parceiros na Itália.

A autora recebeu indicação para prêmios de obras como “A fofa do terceiro andar”, que foi finalista do 58.° Prêmio Jabuti, o “Pedro e o Cruzeiro do Sul” que foi finalista do 1º Prêmio Barco a Vapor, e o “O florista e a gata”, incluído no catálogo internacional da Bologna Children’s Book Fair, Itália.