Descasque o abacaxi!

Um coletivo curitibano oferece uma semana de mentoria empresarial gratuita com especialistas do mercado.

O objetivo da Semana Descasca Abacaxi é apoiar empreendedores locais que buscam ajuda para retomar as atividades e recuperar o prejuízo causado pela pandemia do novo coronavírus.

A ação é parte de um projeto maior de recuperação econômica sustentável: são cerca de 100 negócios locais inscritos no edital Reviravolta Local, iniciativa que oferece uma série de benefícios gratuitos para apoiar empresas criativas, inovadoras e sustentáveis de Curitiba. As inscrições seguem até dia 15 de outubro. 

De 28 de setembro a 2 de outubro, o Reviravolta Local será dedicado a uma maratona de consultorias coletivas, gratuitas e abertas ao público.

“Cada negócio local enfrenta uma realidade e desafios diferentes. Para ouvi-los e ajudá-los de forma específica, criamos o Descansa Abacaxi. Vamos conectar quem precisa de ajuda com quem pode ajudar”, disse João Mehl, idealizador do projeto.

A Semana Descasca Abacaxi vai contemplar aspectos de posicionamento de marca, planejamento, marketing, administrativo e financeiro, tecnologia e comércio digital e articulação de rede. Cada tema terá participação de três especialistas do mercado convidados. As atividades serão transmitidas ao vivo pelas redes sociais de segunda a sexta-feira, às 20h. 

Últimas semanas de inscrição

Quem quiser ir além da semana de mentorias e concorrer aos benefícios do Reviravolta Local deve ficar atento ao prazo de inscrições, que está na reta final.

A primeira etapa do processo seletivo contemplou entre os aprovados Emporium Handmade, O Locavorista, Extraordinários Luxo Natural, It’s Not a BarberShop, Lucinha Canetti, mas ainda é possível se inscrever até 15 de outubro para ter acesso a uma série de benefícios que incluem subsídio de alugueis, mentorias e ingresso em rede colaborativa. 

Para participar, basta se inscrever no formulário online disponível no site https://itupava1299.com.br/. Podem submeter MEI’s, startups, restaurantes, lojas físicas e colaborativas, profissionais autônomos, organizações sociais, galerias e cafés.

A inscrição é gratuita, mas os interessados devem cumprir pelo menos uma de três contrapartidas: consumo mínimo de R$ 100 em negócios locais; compra de duas cestas agroecológicas da agricultura familiar para doação a pessoas em situação de vulnerabilidade social e econômica; ou assinatura do plano anual de  R$ 50,00 mensais da Rede Propulsão Local.

O coletivo é liderado pelo complexo Itupava 1299, Terraço Verde e Propulsão Local. Também assinam a proposta o Instituto Local Biz e Social Ideias.