Chá com pratos clássicos de Natal

Com o Natal (e o calor) chegando no Hemisfério Sul, os chás ficam esquecidos dentro do armário, por imaginar que não teria como combinar as infusões quentes com as fartas comidas de Natal. Um grande engano!

Os chás podem ser harmonizados durante a ceia e o almoço de Natal, e são ótimos aliados para evitar desconfortos pela comilança desses dias.

A harmonização dos chás com qualquer tipo de alimento deve respeitar uma regra básica: tem que testar antes.

Tudo depende da composição das receitas e das características específicas do chá usado. Um exemplo é a recomendação de beber chá preto Ceylon acompanhado dos famosos scons, uma espécie de pãozinho típico britânico.

Tradicionalíssima, esta combinação pode não ficar lá muito harmônica se os sconnes estiverem demasiadamente amanteigados e/ou o chá Ceylon usado não tiver a adstringência necessária para o equilíbrio desses dois elementos. Assim, a ordem é sempre testar antes.

Chás brancos: por serem muito delicados e complexos, o melhor é que sejam apreciados mesmo sem nenhum acompanhamento.

Chá verdes japoneses: com peixes, alimentos fritos e alguns doces (aqueles beeemm doces).

Chás verdes chineses: com massas, vegetais cozidos ou grelhados, doces suaves e frutas frescas.

Chás oolongs: com chocolates suaves, mel e nozes.

Chás pretos: com queijos, carnes, embutidos, doces, geleias e alimentos bem temperados.

Pu Erh (chás fermentados): com alimentos muito temperados, cogumelos e alimentos bem gordurosos.

As dicas foram de Victoria Bisogno e Thais Junqueira, especialistas em chá da academia El Club del Té (www.elclubdelte.com), a convite da Tea Shop, a maior e mais especializada rede de chás gourmet do Brasil.

www.teashop.com.br