Projeto Anima Física

Com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, um grupo de pesquisadores e alunos do Instituto de Física da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) está envolvido na produção de um curta-metragem de animação sobre Física de Partículas.

É o projeto Anima Física ferramenta de divulgação científica voltada para o público não especializado e, principalmente, para jovens estudantes. À frente da parte artística está o cineasta e animador Maurício Squarisi, co-diretor do Núcleo de Cinema de Animação de Campinas.

De acordo com o Prof. Dr. Orlando Luis Goulart Peres, coordenador geral do projeto temático ‘Desafios para o Século XXI em Física e Astrofísica de Neutrinos’, “a proposta é despertar a curiosidade dos estudantes, aproximando o público em geral do universo da pesquisa e da Física de modo prazeroso”.

A ideia de unir Física e Animação num projeto de divulgação científica partiu do Prof. Dr. Marcelo Moraes Guzzo, que havia assistido ao filme ‘Café, um Dedo de Prosa’, de Mauricio Squarisi, um longa-metragem em animação que conta a história do café e seus impactos na história do Brasil.

“A forma como ele conseguiu narrar este conteúdo, cheio de detalhes e curiosidades, de forma didática e muito leve, me chamou atenção. Pensando em novas formas de divulgarmos o trabalho acadêmico para além da Universidade, surgiu a ideia de trabalharmos em conjunto”, afirma o professor.

A elaboração do roteiro artístico foi acompanhada de perto pelos físicos do projeto, para que os conceitos, nomenclaturas e informações técnicas fossem precisos. A equipe multiespecialista conta também com a participação de um grupo de alunos de licenciatura em Física, que está desenvolvendo outros materiais de apoio, como textos e vídeos.

“Queremos que o filme seja um ponto de partida para provocar curiosidade, por isso, quem quiser se aprofundar, terá informações disponíveis no site do projeto”, explica Guzzo.

Quarcks e Léptons conta a história de Mari, filha dos professores Pedro e Duda, que faz uma aposta com o pai, em troca de conseguir ingressos para o show da sua banda favorita. 

Os ingredientes de humor, música e pequenas brincadeiras intercalam informações sobre Física de Partículas, que são passadas propositadamente de modo leve e até superficial, eu diria. O roteiro também deixa espaço para que o público imagine, questione e tire suas próprias conclusões”, explica Squarisi.

Usando técnica do desenho animado em papel, “Quarcks e Léptons” está em fase de finalização, para ser lançado ainda em 2019. A ideia é distribuí-lo entre alunos, professores e o público em geral. Antes da estreia é possível conferir os bastidores do projeto Anima Física e do desenvolvimento do filme pelo site www.animafisica.com.br e pelas redes sociais

https://www.facebook.com/animafisica/

https://www.instagram.com/animafisica/

https://twitter.com/animafisica