Inglês para público 50+

Encravada num arquipélago no Mar Mediterrâneo, a Ilha de Malta abriga uma charmosa cidade que tem servido de cenário para um inusitado intercâmbio.

St. Julian, originalmente um pequeno vilarejo de pescadores, tem muitas atrações turísticas e uma vida noturna animada. Esta atraente mistura de história, entretenimento e turismo é o que um grupo da curitibana Tea Time – Escola para Maiores de 50 Anos vai encontrar quando aportar por lá no dia 4 de maio.

Durante 15 dias, o moderno prédio da Escola EC English, voltada para o público 30+ vai receber os alunos da Tea Time para o programa Club 50+ da escola, específico para esta faixa etária. Os intercambistas da Tea Time terão diversas com o objetivo de aprender a língua inglesa, a segunda oficial de Malta, além do maltês.

Na programação há um jantar de boas-vindas, tour por Mdina, a capital Valletta, Gozo e um cruzeiro pelo canal principal do arquipélago, além de visitas a templos megalíticos e patrimônios mundiais da Unesco em Malta.

Em St Julian, no bairro Paceville estão as principais baladas e também as escolas de inglês, supermercados e restaurantes. Além de monumentos fantásticos, a cidade possui duas faixas de areia, St George e Balutta. Outros pontos turísticos também chamam a atenção, como Spinolla Bay, onde seus barcos atracados simbolizam a história dos pescadores locais, e Balutta Square, uma praça onde se pode relaxar e aproveitar o wi fi gratuito.

A experiência permitirá aos intercambistas conhecer um pouco da história de Malta. O país foi ocupado por diversos povos e por isso tem uma cultura miscigenada, com uma forte marca britânica, pois os ingleses ocuparam o arquipélago por 170 anos.

A miscigenação chegou também à gastronomia maltesa, com influência da culinária mediterrânea, africana e europeia. Por estar perto da Itália, não faltam massa e pizza nos restaurantes de Malta. Os pães do arquipélago são famosos e sua produção de vinho é voltada para o mercado interno.