Agende: Desfiles de Carnaval em Curitiba!

O desfile das escolas de samba em Curitiba acontecem neste sábado (10), na Avenida Marechal Deodoro. Nove agremiações participarão do desfile.

Divididas entre Grupo de Acesso e Grupo Especial, as escolas entram na avenida às 19h, mas a festa na Marechal começa às 14h, com o baile infantil e os blocos carnavalescos.

Após a passagem do bloco Afoxé Aiyé Layó, que tradicionalmente faz a purificação da avenida, a passarela será tomada pelas crianças da escola de samba mirim Sambistas do Amanhã, uma das novidades deste ano.

As alas infantis das escolas se uniram para mostrar a ginga da garotada. Seguindo a formação tradicional, com comissão de frente, mestre-sala e porta-bandeira, bateria e baianinhas, o grupo apresentará o enredo Brincadeira de criança.

Grupo de Acesso – A primeira a entrar na avenida é a Enamorados do Samba, que estreia no carnaval curitibano com a proposta de ser uma escola ecológica, preocupada em transmitir a mensagem da preservação ambiental, utilizando em suas fantasias e alegorias apenas material reciclável. O tema da ecologia e do meio ambiente está no enredo “Mais amor por um mundo melhor”.

A Unidos de Pinhais é a segunda do Grupo de Acesso a desfilar, apresentando o enredo “Carrossel dos meus sonhos de criança… histórias de vovó”, baseado nos encantos e na magia das histórias infantis, povoadas por personagens de todos os tipos – cinderelas, bruxas e sacis, heróis e malfeitores, fantasmas, duendes e lobisomens.

Depois vem a Império Real de Colombo, com referências à “maladragem” – esse jeito de ser peculiar que faz parte do imaginário coletivo há muitas gerações. Com o tema “Das terras cariocas para o solo do pinhão, malandro é malandro e mané é mané…”, a escola lembra que a figura do “malandro” também floresceu no cenário da cultura popular curitibana. Os Internautas encerram a primeira parte do desfile enaltecendo a cidade com o enredo “Curitiba, sua cultura e sua glória retratadas nas linhas da história”.

Grupo Especial – O desfile das escolas do Grupo Especial começa às 22h30, com a Imperatriz da Liberdade, trazendo como tema “Na ginga da capoeira a Imperatriz sacode a poeira”. O samba-enredo, fantasias e carros alegóricos homenageiam a dança que é um dos maiores símbolos da cultura afro-brasileira. A escola mostra que a capoeira nasceu entre os escravos africanos como forma de resistência à opressão.

Em seguida, é a vez de uma das mais antigas agremiações carnavalescas de Curitiba, a Embaixadores da Alegria, que vai para a avenida festejar os seus 70 anos. Com o samba “O céu se abre para cantar,  como é grande o meu amor por você!”, a escola vai brindar a sua própria história, lembrando os seus antigos carnavais, especialmente aqueles que lhe renderam títulos.

Com o enredo “Peabiru – Yvi Mara’ey, eu vou pelo caminho do Sol” , a Leões da Mocidade inova trazendo para o seu conjunto as referências ao Caminho do Peabiru, com histórias e lendas de diferentes povos e culturas. O Peabiru é o mais importante de todos os antigos caminhos, entre o litoral e o interior do continente, utilizados pelos indígenas sul-americanos antes mesmo da colonização. Ele começa em Cusco, no Peru, e se entende até o litoral brasileiro.

A escola de samba Acadêmicos da Realeza faz uma homenagem a Chacrinha, o mais popular apresentador da televisão brasileira, nos 100 anos do seu nascimento. “Ó Terezinha Ó Terezinha, é um barato o centenário do Chacrinha” é o tema que vai embalar os foliões de uma das maiores escolas de Curitiba.

Encerrando o desfile, com término previsto para as 4h da madrugada de domingo, a Mocidade Azul apresenta “Quem canta seus males espanta Onde está o dinheiro? Quem foi o gato que comeu?”, criticando a crise, a falta de ética e a corrupção, mas lembrando que por meio da arte é possível voltar a sonhar e a ter esperança num país melhor.

A apuração das notas do desfile e a aclamação da escola campeã acontecem domingo (11), a partir das 15h, no Memorial de Curitiba.

Desfile das Escolas de Samba – Carnaval 2018

Avenida Marechal Deodoro, trecho entre a R. Barão do Rio Branco e Av. Marechal Floriano Peixoto

10 de fevereiro (sábado)